domingo, 27 de julho de 2008

Amigos de Lá(boratório)

Muitas vezes já li tentativas de descrição para a semaninha mais mágica do ano. Eu mesma algumas vezes já tentei defini-la... Uma única conclusão eu cheguei: não cabe em apenas algumas palavras o que acontece lá por Itajubá numa semana do mês de julho.
Esse ano as coisas foram meio paradas em relação a agitos, festas e confusão. Talvez por isso eu tenha tido mais tempo para a reflexão em relação a mim, meus medos, traumas e principalmente sobre as minhas relações. Mais especificamente as relações nascidas/construidas por lá.
Mais uma vez faltam palavras para descrever. É tudo muito forte e intenso. A semana passa muito rápido, o pensamento fica por lá mais um pouquinho. A vontade de continuar encontrando as pessoas é enorme. E vazio no peito se instala com o fim da última música e os aplausos. O labpratório coral acabou.
Nos últimos tempos tenho conseguido manter mais contato com as amizades nascidas por lá. Algumas relações se tornaram amizades bem fortes e muito presentes na minha vida. Mesmo com as distâncias fisicas, o carinho, a atenção e a divisão tem sido presentes.
Comecei a ver o que essas relações são hoje para mim:
Fundamentais, eu diria.
Aprendi muitas coisas com as pessoas de lá. Algumas com a intensão de ensinar, outras apenas com o exemplo, mas posso dizer que o laboratório também é uma escola para mim.
Histórias contadas ou vividas, tiques de fala, piadas internas, jeito de ver o mundo, jeito de lidar com os outros.
O carinho que fica depois não tem comparação. Nem explicação.


Ludi, Iuiu, Caio, Letinho, Luisão, Rodi, Helinho, Tita, Lili, Sammy, Aninha, Felipe, Carlão, JuJundiaí, Duda, Má, Lula, Tita (Porto Alegre), Pablito, Birigui, Camila, Maria, Trovão, Ferrr, Wendy, Jr, Mateus, Doug, Helô, Joyce, Cenira, Bruno, Bafo, Fabinho, Romero, Nany, Hannah, Zé, Cadin, Di, Clara, Juzinha, Jojo, Elisa, Lara, e tantos outros (que as vezes nem sei o nome) que fizeram dessas semanas em Itajubá únicas.

Um comentário:

Douglas disse...

Eu só queria que essa semana durasse um pouco mais! É sempre bom ter você e alguns outros por perto,vamos ve se conseguimos diminuir essa saudade pra 6 meses dessa vez né?
Adoro você demais,Lukinha e tenho saudade sempre.

Beijão!