domingo, 1 de março de 2009

Somente amigos 2

Ela desejou boa noite e fechou a porta do quarto. Ele, ficou parado, olhando a porta fechada. Dava para imaginar direitinho ela indo deitar no colchão que ainda estava no chão, apagando a luz do abjur e tentando dormir, sem conseguir, claro. Ele entrou no quarto, colocou o sapato na sapateira do armário novo. Teve vontade de sair do quarto e abrir a porta do outro quarto. Mas se deitou. "Melhor assim."
Julia se mantinha sentada na cama olhando pra porta, esperando o amigo entrar. Mas ele não entrou. "Tudo bem, melhor assim." Deitou e tentou dormir.

Quando ele acordou o sol já estava alto. Era sábado e não tinha hora para levantar. Olhou do lado e a cama estava vazia. Ficou observando tudo em volta - muitas coisas ainda a serem arrumadas. Levantou-se, lavou o rosto no banheiro e viu a porta da sala fechada, barulho de TV ligada. Julia estava assistindo friends, devia ser uma hora já.
- Bom dia.
- Bom dia, tem café e pão na bancada.
- Tá.. obrigado - ele estranhou o tom de voz. Ela parecia meio brava. O que será que tinha acontecido enquanto ele dormia? Tomando café ele ficou observando-a. Estava nervosa, isso não havia dúvidas. Os pés dobrados em cima do sofá meio curvados para dentro, roendo as unhas da mão. Não tinha pudores quanto a se comportar com aquela camsolinha.
- Você tá bem?
- To. Por que?
- Tá nervosa.
- É, to. Por que?
- Que que aconteceu?
- Nada não.
- Se você precisar de alguma coisa...
- To bem, tá. Só me deixa quieta.
- Tá.. mas a gnete tem que organizar a casa...
- Eu sei.
- Então, se você precisar de alguma ajuda...
- Tá.
- Que houve?
- Com o que?
- Com você, oras.
- Em três dias passa. Só me deixa quieta, ok?!
- TPM?
- Alguma dúvida?!
- Não, nenhuma.

Um comentário:

Prometeu Acorrentado disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.