segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Finalizando 2008 - Romance

Esse ano descobri que há mais idéias sobre o que é amor e o que é paixão do que poderia imaginar minha humilde cachola. Cada um que encontrei no caminho me deu sua idéia, sua definição, sua descrição para sentimentos tão... indescritíveis. Juntando com algumas experiências acabei eu mesma chegando à algumas conclusões, à alguns "tipos" de amor e de paixão.
O mais comum, mais vivido e mais descrito em poemas, livros e letras de música é amor romântico. Sentimento devastador que deixa os amantes sem rumo. Lembra muito o movimento literário do romantismo pelo fato de o sofrimento ser quase necessário. Só se pensa no objeto amado, depende-se de existência do outro para a sua própria.
Aliás foi essa a palavra que mais questonei no meu amor pelos outros: dependência. Descobri que ela não precisa - e talvez nem deva - estar ligada a esse sentimento. A queda é muito maior no caso de um término, a relação é mais cansativa, e, o pior de tudo: você se esquece. Para amar outras pessoas antes de tudo é importante se amar muito, parece clichê, eu sei, mas é verdade. É importante que saibamos nos nutrir sem ajuda alheia. Pode parecer algo meio narcísico ou individualista, mas não é. A raleção com o outro é fundamental para aprendermos, para crescer, para viver. Mas não devemos fazer de uma única pessoa nossa razão de viver.
Um relacionamento amoroso, antes de tudo, deve ser repleto de trocas. Assim como o texto a baixo sobre amizade. Deve-se procurar complementar e não necessitar.
Li uma entrevista com o Guel Arraes na qual ele fala sobre o filme que dirigiu esse ano, Romance. O diretor fala sobre esse amor contemporâneo muito diferente dos que já existiram até agora. Menos machista, mais livre. Mais compartilhado, mais discutido. Guel fala que a intenção dele com o filme era gerar reflexão e discussão nos casais que muitas vezes ficam infelizes tentando se adequar aos velhos padrões de relacionamento, sem ver que a muitas outras possibilidades, possibilidades de amar.


* e se você não viu Romance, veja. ;-)

2 comentários:

Miguel disse...

Será q vai dessa vez?
Será q eu aprendi?
Será q eu entendi todos os processos necessários para se comentar no seu blog?
Será?
Se der certo eu vou ficar muito feliz...hehehe
Bjão!!

Miguel disse...

HUHAHUAHHAUHAUHAHAHHAUHAHUAHUHAHUHAUHUAHUAHEAUEHAUEHAUEHAUEHAEHAUEHAEHAUEHAUEAUE(...)!!!!

Uhul!! Deu certo....a partir de hj vou poder comentar no seu blog sempre....hahahahahaha!!! poste logo coisa inédita p/ eu poder comentar de novo...hihihihihihih

(se quiser deletar essas bobagens pode tá) foi só um surto de comemoração!!!
bjo lukaaa!